"Imagem do numero 4.0 com alguns circuitos e imagem de um homem ao fundo"

O novo layout 4.0 da nota fiscal eletrônica (NF-e) passa a ser obrigatório a partir de 2 de agosto de 2018, conforme informou ontem o ENCAT (Coordenação Técnica do Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais) e Secretarias da Fazenda Estaduais (Sefaz).

A atualização da Nota Técnica altera a data previamente estabelecida em 2 de julho para a desativação da versão 3.10, dando às empresas mais tempo para se adequar ao novo modelo 4.0. Após a nova data, as notas emitidas no padrão antigo, 3.10, não serão mais validadas pela Sefaz.

A Homine tem atuado junto aos seus clientes na atualização da solução Signature, que realiza a emissão dos documentos fiscais, para adequá-la ao novo padrão. Hoje, grandes empresas dos mais diversos segmentos de mercado utilizam a solução no país e, desde 2017, vêm realizando a migração para a NF-e 4.0.

“Apoiamos e orientamos essa atualização e estabelecemos estimativas de prazo e custo de implementação sólidas, afinal temos no horizonte a data-limite de 2 de agosto para realizar todas as migrações”, destaca Júlio César Correia, coordenador de Documentos Eletrônicos da Homine.

Algumas empresas têm aproveitado o momento para trocar a sua solução de NF-e, gerando novos negócios para a Homine. “Neste momento, estamos implementando a solução em três novos clientes e a tendência é que a procura aumente nas próximas semanas”, conclui o coordenador.

Para mais informações sobre a ferramenta de documentos eletrônicos da Homine, consulte a página Soluções no nosso site.